MAIO AMARELO: Personagem Transmorte leva reflexão sobre uso de cinto de segurança

publicidade

Uma personagem que ninguém quer encontrar tão cedo deu as caras no centro de Sete Lagoas na manhã desta segunda-feira, 31, e chamou a atenção de quem passava à pé, de moto ou de carro. Era a Transmorte, personagem criada pela servidora da Seltrans, Daniela Maia.

“Fizemos várias ações de conscientização este mês, como estacionamento de cadeiras de roda, blitz educativa junto com a Polícia Militar, o programa Multa Legal Virtual com um vídeo de lançamento sendo trabalhado nas escolas da rede municipal de ensino e dois drive-thrus para crianças em duas escolas municipais, fechando a campanha com essa ação sobre o uso do cinto de segurança, com essa nova personagem, a Transmorte,” conta a servidora.

Mesmo com a obrigatoriedade do uso de cinto de segurança desde 1997, ainda hoje é possível ver alguns motoristas sem o equipamento de segurança. No pouco tempo em que a reportagem acompanhou a ação, foi possível flagrar algumas pessoas sem o cinto. “Com essa ação, temos o objetivo de conscientizar os condutores com uma pegada mais de humor negro. À princípio, eles acham graça, mas depois refletem que, de fato, a morte pode estar aguardando aqueles que não usam o cinto”, lembra Daniela Maia.

Além de salvar vidas, o uso do cinto de segurança é obrigatório não apenas para o motorista, mas para todos os passageiros do veículo. Sua não utilização é considerada infração grave, com multa de R$ 195,00 e cinco pontos na carteira.

Matéria em setelagoas.mg.gov.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *